Posts

Showing posts from January, 2007

Irak: Biblioteca Nazionale

Image
Hoy he seleccionado un fragmento de la traducción al italiano del capítulo sobre Irak en la obra sobre la destrucción de los libros de Fernando Báez



Il 10 maggio visitai la sede devastata della Biblioteca Nazionale, in arabo Dar al-Kutub Wal-Watha’q. La cosa strana è che si compivano settant’anni dal grande rogo del 1933 in Germania, una data fatale per la cultura. Naturalmente ero stato avvertito da alcuni miei colleghi della drammaticità della situazione, ma le cose che ho verificato e alle quali ho assistito, vale la pena dirlo, mi hanno tenuto insonne nelle notti successive. Sarebbe stato meglio, forse, dimenticare, ma ho scoperto che spesso uno dimentica affinché le cose tornino nuovamente a sorprenderci. Le trappole della ragione sono le più traditrici.

La Biblioteca Nazionale che è ancora in piedi, è un edificio a tre piani di 10.240 m2 costruito nel 1977, con finestre in stile arabo al secondo piano. Al mio arrivo c’era ancora una statua di Hussein con la mano sinistra in posizion…

História brasileira em risco

Image
Em pesquisa inédita, bibliotecário Cristian Santos analisa arquivos de quatro séculos, que estão sob custódia da Igreja Católica



FLÁVIA LINDGREN Estagiária da UnB Agência

O bibliotecário Cristian José Oliveira Santos, 29 anos, terminou o ano de 2006 com uma surpresa agradável. Sua dissertação de mestrado foi o único trabalho brasileiro contemplado na primeira edição do concurso Latino Americano de Investigación em Bibliotecología, Documentación, Archivistica y Museología Fernando Baéz, na Argentina, que visa a premiar os melhores trabalhos na área de Ciência da Informação e Documentação. "Pelo fato de eu ter apresentado meus ensaios em português, achei que minhas chances fossem menores. Foi uma surpresa fantástica quando vi meu nome entre os agraciados", afirma Cristian.

Santos diz que situação dos documentos é calamitosa
Defendida em julho de 2005, sob a orientação da professora do Departamento de Ciência da Informação e Documentação (CID) da Universidade de Brasília (UnB), Geor…

Escrutinio de donosos escrutinios. Estela de los bibliocaustos generados por un capítulo de Don Quijote

Image
Por Ángel Romera
aromera@palmera.pntic.mec.es




Faciendi plures libros nullus est finis. ‘Escribir muchos libros es tarea sin fin’ Eclesiastés, XII, 12.


Los solipsistas afirman que nadie más existe, pero siguen escribiendo... para otros.
Los conductistas sostienen que los que piensan no aprenden, pero siguen pensando... sin desanimarse.
Los subjetivistas descubren que todo está en la mente, pero siguen sentándose... en sillas de verdad.
Los seguidores de Popper niegan la posibilidad de probar, pero siguen buscando... la verdad.
Los existencialistas afirman que están completamente desesperados, pero... siguen escribiendo. W. H. Auden



Bastante se ha escrito, no poco aún se está escribiendo y todavía mucho más se escribirá, ahora que se celebra en todo el mundo el cuatricentenario de su edición, sobre una obra de importancia tan denotada como la primera parte de Don Quijote y, ante la sospecha de que no poco será digno de alimentar una hoguera, será lo mejor poner coto a cualquier divagación encom…