Skip to main content

Posts

Showing posts from July 4, 2009

Crítica dividida en Portugal por laHistória Universal da Destruição dos Livros

História Universal da Destruição dos Livros Fernando Báez Texto, 23,99€ José Carlos Fernandes terça-feira, 30 de Junho de 2009 Numa irónica simetria, o livro começa e acaba no Iraque. Entre a destruição da biblioteca de Ebla pelo rei acádio Naramsin (2254-2218 aC) e a pilhagem das bibliotecas e museus do Iraque durante a invasão americana, em 2003, há um fio condutor de estupidez, intolerância, tacanhez e incúria. Se há quem veja no livro uma fonte de saber e um instrumento de libertação, também há quem nele veja pornografia, heresia e incitação à subversão. Em não poucos casos considerou-se insuficiente queimar os livros e queimaram-se também os seus autores – e até os seus impressores e leitores. Pela força deste exemplo e de várias formas de repressão, quantos livros não ficaram por escrever e, tendo sido escritos, por copiar ou imprimir? Quantos séculos de progresso foram anulados pela acção combinada do fogo e da censura? Tudo indica ser apócrifa a resposta do Califa Omar I ao